segunda-feira, 24 de Março de 2014

Mensagem Aberta

Eu já sabia que isto um dia ia acontecer...mas sabia que também só me ia deixar chatear com o assunto quando ficasse cansada. Acontece que fiquei. Cansada de não perceber determinados critérios de entrada em determinados eventos. 
Nunca fui de ir para discotecas e ficar na fila a espera de ser selecionada para entrar. Democracia. É a palavra de ordem e acho que as escolhas não devem ser baseadas só no facto do dinheiro ou da apresentação que uma pessoa tem. Mas também não vou dizer que este e outros não possam ser motivos indicativos de alguma coisa. 

Como blogger amadora deste blogue nunca consegui ir ao Portugal Fashion, também nunca me interessou de paixão e portanto fui deixando passar. 
Como colaboradora recente do Movimento Moda e do trabalho que por lá faço e todos os outros contribuidores na plataforma achei que era importante ir. Tinha visto numa pesquisa rápida que se podia comprar os bilhetes para o evento e foi isso que tentei fazer. Porque não estou á espera que me ofereçam nada, muito menos quando não tenho sequer o nível de algumas bloggers e a visibilidade de tantas outras. Portanto fiz-me a vida.

Pouco tempo depois soube que afinal a informação que me tinha sido dada da venda dos bilhetes estava errada e que não podia comprar bilhetes. Fiquei triste. Queria muito ir ver os designers que pertencem ao Bloom e escrever sobre eles e as suas colecções porque é isso que mais gosto de fazer. Que me enche o coração e o cérebro de expectativa e esperança. Na melhor da expectativas ver o desfile da Katty Xiomara que adoro e do Miguel Vieira.

Em conversa com a minha editora do MM e por um mero acaso, perguntei-lhe se já que não existia a possibilidade de comprar os bilhetes se ela em nome da plataforma conseguia alguma entrada. Isto passou-se no início do mês. Fomos esperando e esperando com o não como certo e tudo que viesse de positivo seria bem recebido.
Na semana que passou comecei a ver algumas bloggers a publicarem os seus passes para o PF e nós do MM sem resposta alguma. Até hoje, Domingo. Escusado será dizer que o PF começa na Quarta-feira e é óbvio que nós não tivemos um lugarzinho ao sol nem para ver o BLOOM.

Não quero ir ao PF para ser fotografada. Não quero ir para me apontarem como isto ou como aquilo, nunca foi o que fiz aqui nem na plataforma do MM. O nosso trabalho vive de assuntos sérios, vive daquilo que nos é apresentado, do trabalho criativo dos outros e que nos compete a nós amadores ou não, divulgar e escrever sobre eles porque é sempre bom ver uma opinião de quem está de fora.
Ninguém conhece a pessoa que está por trás deste blogue, porque deve contar-se pelos dedos de uma mão as vezes que apareceram fotografias minhas aqui. Nunca me vesti e fotografei para o blogue numa espécie de exercício narcisista. Não, o meu exercício sempre foi outro, ligar a moda à História da Arte. Uma ode a trabalhos extraordinários e criativos que se apresentam. 

Tal como Malraux teve o seu Museu Imaginário eu tento ter o meu closet imaginário, não é para o vestir, é para olhar para as peças e contempla-las faço isso muitas vezes, sabe tão bem.

De qualquer maneira e como me diz sempre com carinho a minha editora: "C. as paredes de texto não resultam. Ninguém quer ler." 
E sabendo eu que ela é uma pessoa experiente e razoável ninguém vai ler isto e estão-se pouco lixando para o que eu digo.
Mas é sempre um prazer ver fotos de pessoas completamente fora da área que arranjam convites sabe-se lá como e outros que vão fazer do evento um circo. É  na realidade a vida, com as suas contradições, sabores doces e amargos.
Mas depois não se queixem que só escrevemos sobre Valentino, VB, YSL  e nada sobre a criação portuguesa. E que os próprios portugueses não dão valor ao que se faz no país. Uma grande fatia deles não tem acesso a ver o trabalho que se faz.

Por fim, desejo um óptimo Portugal Fashion a todos. Tirem muitas selfies e mostrem-me os vossos melhores looks.

Atentamente

We Agree to Disagree


terça-feira, 11 de Março de 2014

Moda Lisboa - Os esquecidos

Depois temos aqueles que aparecem no meio das fotos com ar meio perdido e que não foram alvo da melhor foto. Mas são sem dúvida algo para não passar despercebido pela qualidade. 

                                                         
                               o conjunto

                                                                                   
                        a melhor de todas
(não sei o nome de quem é, mas está muito bem e adoro o penteado)



                           

                             
                           o conjunto

                             
o que se safa!! Eu gosto muito do Filipe Vargas a Joana Ribeiro e    a Vitória Guerra têm sido apontadas como it girls do momento aqui em Portugal, não discordo. Têm sempre escolhas acertadas.
Mas este tom de batom na Vitória Guerra não gostei, just saying, é a minha opinião vale o que vale.



o conjunto

       Namalimba Coelho, sempre, sempre mas sempre bem!!




We Agree to Disagree
***


segunda-feira, 10 de Março de 2014

Moda Lisboa

Este ano particularmente passou-me completamente ao lado a Moda Lisboa, estive tão ocupada com outras coisas que nem me lembrei que estava a acontecer. 
Sabia que era este fim-de-semana mas não tive aquela obsessão de ir ver os desfiles. Aliás ainda nem consegui ver. (should see)
De qualquer forma hoje quando abrimos o Facebook é só imagens do street style destes últimos dias no evento. Aqui ficam os meus preferidos.

Bárbara Taborda

Juliana Cavalcanti

Dino Gonçalves

Miguel Vieira

Juliana Cavalcanti

Confesso que nunca tinha prestado muita atenção na Bárbara Taborda mas desde que se tornou a nossa Primeira Dama, têm-se falado muito sobre ela e gostei muito de ver.
A Juliana Cavalcanti é para mim uma espécie de MUSA sou fã dela desde o primeiro dia em que os meus olhinhos de varejeira pousaram nela nos Fashion Awards e adoro-a, depois disso nunca me desiludiu.
Miguel Vieira é e será sempre o estilista residente no meu coração.
Quanto ao Dino Gonçalves foi a primeira vez que vi imagens dele. Está aqui porque claramente gostei. 
É assim o meu top 5.

We Agree to Disagree
***





As fotos foram tiradas do site CARAS e os fotógrafos são Mike Sergeant; Luís Coelho; Rui Valido
Se algum dos autores se sentir incomodado ou não quiser que as mesmas estejam aqui peço que me contactem por e-mail e as mesmas serão logo retiradas.




segunda-feira, 10 de Fevereiro de 2014

Bom Dia e Boa Semana


era só para dizer isso e   I just can't get enough of this



We Agree to Disagree
***

domingo, 2 de Fevereiro de 2014

Três Saias

Estou numa de saias!!
Na realidade preciso de uma saia tubo azulão e portanto tenho-me dedicado em busca DA saia e no caminho encontrei estas meninas.




Topshop
We Agree to Disagree
***

terça-feira, 21 de Janeiro de 2014

Movimento Moda

O meu terceiro artigo para o MM - Movimento Moda  ficou ontem online se quiserem ler este e outros é só perderem-se na plataforma!!!

O tema é sobre a última coleção de Slimane para  a casa Saint Laurent




We Agree to Disagree
***

segunda-feira, 13 de Janeiro de 2014

Eu não gosto de dizer mal dos outros, não isso não é nada a minha onda...

Eu não gosto de dizer mal dos outros...isso não é nada a minha onda..

Longe de mim fazer tal coisa.
Mas chateia-me imenso, profundamente, horrores pessoas que não percebem nada da poda, mas nada.
Rigorosamente nada e vão para ali armados em jardineiros convencidos que o que eles dizem não é uma opinião, mas sim o que está certo.

Dito isto os Globos de Ouro estão numa escala de evento que a maioria das pessoas que dizem o que acham sobre as roupas que as stars levam, nunca receberam tal convite, não fazem ideia do dress code, e têm uma ideia muito pequena do que é moda (apesar de acharem que sabem imenso), ora ninguém é dono de verdades absolutas. E é preciso é ver bem de todos os ângulos. 

Lena Dunham a actriz que interpreta Hanna da série Girls, na minha humilde opinião não está de cair para o lado, como aquelas imagens idealistas que nos passam constantemente pelos olhos. Mas sei dizer-vos outras coisas, primeiro a Lena demonstra sempre e aposta sempre na beleza natural e REAL. Ela não emagrece, nem vai pesar 50 kilos só porque durante anos a indústria colocou na cabeça que as mulheres tinham de ser todas magras. E depois mesmo quando a indústria já não quer assumir essa posição as mulheres comuns, têm coragem de dizer: Ui, que gorda!
Seriously? A Lena Durham levou um vestido amarelo, o qual ela deve ter gostado de certeza, senão não o teria vestido, uma maquilhagem bem bonita e adequada a si(dentro do estilo dela).
Eu gostei muito de a ver. E dizerem que ela levava um vestido amarelo e que os dentes dela também eram amarelos. Note-se foi o comentário mais digno que vi até hoje.(not)



Outro foi dizer que a Julia Roberts ia péssima...e que era muito melhor sem a camisa...esses comentários então fazem-me rir ainda mais...pois só uma pessoa muito simples de cérebro não entende o vestido.


A quem incomodar muito eu ADOREI o vestido escolhido pela Julia Roberts. E a quem disse que era vestido da avô e ainda conseguiu dizer que era um regresso ao passado e que a Sharon Stone era muito melhor. Engana-se a Calista Flockhart também usou o "estilo" e foi memorável.

O problema nisto tudo é as opiniões destas fashionistas de fast food que existem. Que cometem vários erros. Não saberem que a moda é cíclica. E só usarem roupas do momento. Depois são detentoras de colecções de 500 sapatos, devem é contar-se pelos dedos de uma mão quantos sapatos nessa sua enorme colecção são possíveis de usar em qualquer altura da vida e poderem até passar-se aos filhos e ainda continuarem dentro do estilo.